57
SNIRLit
 
 
 » Entrada > Unidade de Litoral (troço 15)
Ver no mapa:
Estações (1) Estruturas (10)
Praias (4) Batimetria
Unidade de Litoral Concelhos
Unidade de Litoral:  15 Ilha do Baleal-Porto de Peniche
Última Data de Observação:  14/01/2003
Tipo de Sedimentos Emersos:  Calhaus a areia média
Tipo de Sedimentos Submersos:   -
Balanço Sedimentar:  Negativo
» Evolução   » Transporte Sedimentar   » Geomorfologia    
Observa-se erosão e recuo da linha de costa sobretudo no litoral rochoso, existindo algumas pequenas áreas de risco, em zonas de ocupação sobre arribas, nomeadamente na Península de Peniche (ex. Cidadela). 
Este troço tem fornecimento sedimentar muito reduzido a nulo, por quase inexistência de fornecimento por deriva litoral e pela não ocorrência de rios ou ribeiras importantes. As praias são essencialmente formadas por areias médias, na sua parte emersa, podendo existir pequenas enseadas com material muito grosseiro, na zona da península. Como o fornecimento sedimentar é relativamente reduzido, o balanço sedimentar é de forma geral negativo. A resultante anual da deriva litoral tem direcção variável, dadas as diferentes orientações da linha costa, mas possui valor moderado, de forma geral, dada a orientação geral da linha de costa, o efeito de protecção da baía e o efeito de protecção induzido pela própria península. A deriva efectiva deverá ser muito reduzida. As praias arenosas apresentam variação transversal dominante, associada a funcionamento em sistema fechado. A resposta do perfil é dominada pela variação sazonal ou condicionada pela actuação de tempestades. Possuem morfodinâmica geral dissipativa a intermédia. 
Costa com elevada diversidade morfológica, constituída por dois sectores com comportamento e características distintas, que poderiam constituir troços autónomos por si só: a enseada Baleal-Peniche e a Península de Peniche. A enseada ou baía é sobretudo composta por litoral arenoso limitado por cabos naturais a norte e a sul (Baleal e Papôa), aos quais estão associados istmos arenosos. A presença limitante dos cabos naturais trava o movimento das areias e define uma praia encastrada de elevada dimensão. A faixa costeira é formada por dunas. A Península de Peniche é uma formação rochosa formada por rochas com grau de consolidação médio a elevado e encontra-se ligada a terra por um istmo arenoso baixo e estreito. O litoral apresenta arribas abruptas, havendo na parte norte algumas pequenas enseadas com algum material cascalhento. As arribas apresentam frequentemente blocos caídos na base. A faixa costeira é formada por arribas ou rochas. A praia submersa apresenta predominantemente afloramentos rochosos com intercalações importantes na zona de enseada e praticamente sem sedimentos na zona da península. 
Bibliografia:  
A Faixa Litoral entre a Nazaré e Peniche: Unidades Geomorfológicas e Dinâmica Actual dos Sistemas Litorais
Tese de Doutoramento, 575p.
1996

Agitação Marítima na Costa Portuguesa, Dados de Base, Observações Efectuadas no Cabo Carvoeiro e em Ferrel

Lisboa 1988

Dinâmica e protecção da faixa litoral entre Nazaré e Peniche
Colectânea de Ideias sobre a Zona Costeira de Portugal, 553-568p.
1995

Erosão do tômbolo do baleal
Informação nº 4/83 - DSF (DOME - 1).
1983

Evolução de arribas litorais: importância de estudos quantitativos na previsão de riscos e ordenamento da faixa costeira
Colectânea de Ideias sobre a Zona Costeira de Portugal, 67-86p.
1997

Morphology of sea cliff systems in portuguese Estremadura (Nazaré-Peniche area)
Litoral`98 Proceedings, p. 593 - 596
1998

Susceptibilidade à erosão do litoral da península de Peniche (Estremadura - Portugal)
Geolis, III(1/2):212-222.
1989

 
© SNIRLit 2003-2017 | contacto: snirh@inag.pt | Visite também o SNIRH em http://snirh.pt
Navegação através de listagens Seleccione no mapa da esquerda Praias mapas Águas Costeiras e de Transição